BLOG DE NOTÍCIAS DO MOVIMENTO ESPÍRITA.....ARAÇATUBA- SP

Atenção

"AS AFIRMAÇÕES, INFORMAÇÕES E PARECERES PUBLICADOS NESTE BLOG SÃO DE RESPONSABILIDADE EXCLUSIVA DE QUEM OS ELABOROU, ASSINA E OS REMETEU PARA PUBLICAÇÃO. FICA A CRITÉRIO DO RESPONSAVEL PELO BLOG A PUBLICAÇÃO OU NÃO DAS MATÉRIAS, COMENTÁRIOS OU INFORMAÇÕES ENCAMINHADOS."

sábado, 8 de janeiro de 2011

Focalizando o Trabalhador Espírita Almir Del Prette

Almir Del Prette

Entrevista para Ismael Gobbo ao Notícias do Movimento Espírita


O entrevistado Almir Del Prette é um trabalhador espírita que, desde a mocidade, participa do movimento. Iniciou-se pela sua cidade natal, Lins, no estado de São Paulo, ao lado de grandes vultos espíritas como Otávio Noronha Ribeiro, Antonio Alfonso, Israel Antonio Alfonso, Aylton Coimbra Paiva e sua esposa Maria Eny, Cláudio Antonio de Mauro, dentre outros. Foi ativo na evangelização e no movimento de mocidade onde ministrou cursos e participou das conhecidas confraternizações. Depois da formação universitária residiu em várias cidades buscando se integrar nos Centros Espíritas locais e inserindo seus dois filhos na evangelização infantil. Finalmente, em 1995 retornou ao estado de São Paulo para a cidade de São Carlos onde completou sua carreira universitária ao lado da esposa Zilda com a qual escreveu vários livros e artigos científicos na área da Psicologia.


Almir poderia nos fazer sua apresentação?

Meu nome completo é Almir Del Prette, nasci no ano de 1938 em Lins. Meus pais tiveram cinco filhos, três mulheres e dois homens. Uma de minhas irmãs, a mais nova, já retornou à pátria espiritual. Minha mãe era católica e meu pai se dizia esotérico. Quando eu tinha seis ou sete anos, meus pais, não sei bem a razão, me matricularam em uma Escola Adventista. Acredito que essa experiência foi positiva, pois realçou mais ainda o clima de tolerância e liberdade religiosa que tínhamos. E com isso nunca me esqueci de meu primeiro professor, cujo nome era Abner da Silva Ramos. Devo mencionar que meu avô sempre morou conosco e foi muito importante, pois nos ajudou manter a família estruturada principalmente quando do desencarne de meus pais. Na mocidade namorei bastante, mas esses relacionamentos não se firmavam e somente me casei aos 38 anos. Um fato curioso é que, pouco depois de terminar a faculdade de Psicologia, com boa chance de trabalho onde morava, tomei a decisão de ir para Londrina onde conheci Zilda que foi minha aluna por um semestre letivo. Quando ela terminou o curso, começamos a namorar, casamos e trabalhamos juntos até hoje. Temos dois filhos: Lucas e Giovana.

Lembro-me que meus pais tinham muitos livros e eu queria lê-los todos, mas minha mãe selecionava e dizia com que idade eu poderia ler algumas obras. Vem dessa época minha paixão por livros. Quando eu tinha quase dezoito anos minha mãe ficou muito doente, vindo a desencarnar pouco depois. Esse acontecimento se traduziu para mim em uma grande crise religiosa que me conduziu ao materialismo ingênuo (descrença), depois ao marxista (leitura do O Capital, o estado como superestrutura etc.).

Qual sua formação acadêmica e profissional?

Sou psicólogo e professor. Também fiz pós-graduação. Atualmente sou aposentado, mas continuo trabalhando como professor voluntário, há treze anos, na mesma Universidade em que me aposentei. Sou pesquisador do CNPq (Conselho Nacional de Pesquisa), entidade governamental, da qual recebo bolsa para fazer pesquisa. Minha área de investigação tem muita relação de um lado, com minhas preocupações sociais (a cultura, a justiça social, o desenvolvimento das sociedades) e de outro lado, com o interesse da renovação espiritual (relações interpessoais, interação social e habilidades sociais).

Como você conheceu o Espiritismo e desde quando é Espírita?

Quando eu tinha quase dezoito anos minha mãe ficou muito doente, vindo a desencarnar pouco depois. Esse acontecimento resultou em uma espécie de crise religiosa que me conduziu ao materialismo. Nesse período, também adoeci e estive hospitalizado por cerca de dois anos. Curiosamente no hospital participei de dois grupos organizados. O primeiro grupo estudava o marxismo e atuava de maneira clandestina. Um dos líderes desse grupo era também espírita e isso me levou ao segundo grupo de internados espíritas que se reunia à noite, no único local disponível, uma sala anexa ao necrotério. Dizia-se, fazendo troça, que era um bom local para os espíritas se reunirem. Esse aspecto meio subversivo me empolgou. Mas a primeira vez que fui à reunião passei muito mal e, segundo alguém mais conhecedor da doutrina, tratava-se de mediunidade e da ação de alguns espíritos que pretendiam atrapalhar qualquer possibilidade de me recuperar espiritualmente. Alguns deles ficaram por perto durante muito tempo, mas tenho esperança que a maioria já me desculpou.

Na terceira vez que fui ao “necrotério”, conforme a gente dizia, já estava mais controlado e ocorreu um convite para uma reunião que espíritas da cidade de Lins iriam realizar em um domingo seguinte. Às vésperas do encontro eu não estava nada bem mas tomei a decisão de ir. Essa reunião foi um acontecimento inesquecível para mim, pois representou uma ruptura na maioria das minhas concepções equivocadas, trazendo-me uma idéia mais correta da vida e do Criador.

No horário combinado, lá estavam o senhor Antonio Alfonso, pai do Israel Alfonso, Doutor Otávio Noronha Ribeiro e Maria Eny Rossetini que ainda não era casada. O doutor Otávio falou sobre a evolução humana na terra e Maria Eny relatou a experiência de André Luiz no mundo espiritual até a sua aceitação em Nosso Lar. Essa tarde de domingo marcou a minha conversão ao Espiritismo. Ainda fiquei um tempo no hospital e depois que recebi alta comecei a participar do movimento espírita de Lins e da região, especialmente das chamadas “concentrações”, onde conheci Ismael, Aylton, Ademar, César e tantos outros confrades. Isso ocorreu gradualmente, pois concomitante a recuperação de saúde física ocorreu a minha melhora espiritual. Foram muitos os que me ajudaram de várias maneiras e sou grato a todos, mas nomeá-los aqui não seria pertinente.

Poderia nos descrever sua trajetória pelo Movimento Espírita?

Minha trajetória no movimento espírita se iniciou com a freqüência na mocidade espírita. Na época, a maioria das mocidades não era autônoma e funcionava como Departamento do Centro. No caso de Lins, o regimento previa um mentor, sendo nosso mentor durante muito tempo o Doutor Otávio, com quem os jovens mantinham um bom relacionamento. Doutor Otávio atuava em vários setores, inclusive na Biblioteca e me orientou bastante em minhas leituras espíritas. Algum tempo depois, começou a me incentivar a escrever, o que vinha fazendo ajudando Maria Eny. Logo que passei a freqüentar a mocidade, fui convidado pela Maria Eny para auxiliar na Evangelização Infantil, na ocasião coordenada pela Dinah Castro. Foi no trabalho na Evangelização Infantil que descobri minha vocação para o magistério, atividade que mantenho até hoje. Simultaneamente, lá pelos idos de 68, comecei a participar dos Cursos de Dirigentes de Mocidade Espírita, com Israel Alfonso, Aylton Paiva, Cláudio de Mauro, Maridélia e outros sob a liderança da Maria Eny. O Abel Glaser também participava e tinha um papel importante pois, de certa maneira, dava respaldo institucional àquele movimento. Não se pode esquecer que o país vivia, no campo da política, os anos de chumbo e precisávamos ter muito cuidado e prudência, Esse foi um período muito bom, de muita leitura, discussão e aprendizagem. No período de minha formação universitária, em Bauru, diminui bastante minha participação no movimento espírita. Contudo, durante pouco mais de dois anos, trabalhei como funcionário em um Hospital Psiquiátrico Espírita que foi, também, uma experiência importante.

E no trabalho de Unificação?

Minha participação na Unificação foi bastante restrita e ocorreu esporadicamente, quase sempre graças aos convites do Aylton Paiva, após nosso retorno de João Pessoa para morar no estado de São Paulo, primeiramente em Ribeirão Preto e depois em São Carlos, onde estamos até hoje.

A que casa espírita está vinculado presentemente e os trabalhos que nela desenvolve?

Estou vinculado, desde que cheguei a São Carlos, ao SEOB (Sociedade Espírita Obreiros do Bem) mas participo, principalmente como palestrante, em outros Centros, em especial no Batuíra. Já participei da diretoria e do conselho fiscal, mas atuo com mais freqüência, juntamente com Zilda, dando cursos.

Como está o movimento espírita em São Carlos?

Minha impressão é bem positiva. O movimento espírita de São Carlos tem uma característica interessante. São Carlos tem cerca de 250 mil habitantes e conta com duas grandes universidades públicas (USP e Federal), então tem muita gente que vem para cá para estudar, freqüenta os Centros apenas durante alguns anos e depois retorna à sua cidade de origem. Dona Neide, esposa do senhor Apólo Oliva, costumava dizer que nossa vocação era a de ajudar na preparação desses jovens estudantes para eles retornarem às suas cidades, e se firmarem em seus Centros de origem. Ultimamente, o SEOB vem apoiando de diversas maneiras a organização e funcionamento de Centros Espíritas em bairros periféricos.

Acha que esse movimento vai bem pelo Brasil e pelo mundo?

Não saberia fazer uma análise da abrangência do movimento espírita. A impressão que tenho é que hoje, tanto pela rapidez dos meios de comunicação, como pela facilidade de deslocamento, há uma maior possibilidade de divulgação. Acho que esse é o momento de colocar a candeia bem visível. O que vi em algumas partes da Europa pode ser interpretado como um descontentamento com a religião, que se reflete na atualidade no movimento ateísta. Aparentemente devido ao desinteresse religioso, as igrejas diminuíram seus espaços para a prática religiosa e aumentaram a parte destinada ao turismo. Eu penso que a própria religião é responsável por esse desinteresse. É comum se observar, no meio universitário, as brincadeiras sobre as principais doutrinas religiosas, todavia os estudantes têm sede de conhecimento, derivado de análise lógica. Só para exemplificar, recentemente fomos convidados por estudantes de uma Universidade Pública para darmos um curso sobre Habilidades Sociais (tema que estudamos), Religião e Ética. A maioria dos presentes disse não freqüentar nenhum agrupamento religioso, mas todos estavam ali por interesse no assunto. Logo ao iniciarmos o curso, expusemos aos alunos o nosso viés, ou seja iríamos falar na perspectiva de quem aceita a noção de um criador para o universo, ainda que não a de um Deus criado à nossa imagem e semelhança. No grupo a maioria era ateísta mas tudo transcorreu muito bem, com diálogo respeitoso. Ao final muitos vieram nos cumprimentar e três jovens se revelaram como espíritas.

Quais falhas você enxerga e o que acha precisa ser corrigido?

Como minha participação não é tão intensa quanto eu gostaria, não me sinto capaz de uma análise mais profunda. De qualquer maneira, recorro a Kardec que identificava a missão do Espiritismo como um recurso importante no combate ao egoísmo e ao materialismo. Tendo em vista esse desencanto com a religião, o movimento espírita deveria enfatizar as principais diferenças da doutrina espírita em relação à teologia tradicional, pois o deus bíblico justifica o crescimento do materialismo e do ateísmo. Outro aspecto que considero muito importante diz respeito ao materialismo e, especificamente, ao movimento ateísta. A maioria dos que se dizem ateus não querem mais viver na ilusão, não aceitam um “deus menor”. E temos que concordar que eles têm razão nesse ponto. A humanidade, ainda na sua infância, fez uma pergunta equivocada: “quem é Deus”. A resposta a essa pergunta trouxe o que temos por aí. Precisamos analisar esse equívoco com a alternativa que Kardec colocou: “O que é Deus”? Finalmente, tanto ou mais desastroso que o materialismo científico é o materialismo religioso. Este está em toda parte, solapa a boa intenção, subverte a verdade e mina o esforço do progresso da humanidade. A maioria de nós que tem interesse pela transcendência, ajudou a forjar esse deus menor e a inculcar na mente humana essa representação da divindade, cabe-nos a tarefa de restituir à verdade, a começar em nós mesmos.

Tem alguma obra escrita?

Zilda e eu publicamos alguns livros na área em que trabalhamos: a do relacionamento interpessoal. Temos um site: www.rihs.ufscar.br que divulga teses, artigos, livros, eventos do nosso grupo de pesquisa.

Do que elas tratam?

A maioria focaliza o tema relações interpessoais e áreas afins. Temos até um livro dedicado à infância: “Já pensou se todo mundo torcesse pelo mesmo time”. Contudo, entre os nossos trabalhos temos um livro, “Habilidades Sociais Cristãs: Desafios para uma nova sociedade”, editado pela Vozes, que focaliza a competência interpessoal de Jesus. Acredito que fomos inspirados na execução dessa obra. O original foi submetido a líderes católicos, protestantes e espíritas com a solicitação de que anotassem qualquer idéia que poderia contrariar a doutrina que professavam. Isto porque queríamos um livro que focasse os comportamentos de Jesus, mas sem nenhuma conotação doutrinária. Em outras palavras, diante de inúmeras situações (no templo, na rua, no casamento, na família, no tribunal etc.) e diferentes pessoas (pobre, rico, fariseu, mulher, discípulo, enfermo, autoridade etc.) nosso interesse recai em como Jesus se comportava. O resultado desse trabalho tem sido muito compensador. Temos recebido cartas de pastores, líderes católicos, colegas que têm adotado o livro como referência em cursos e/ou atividades pastorais. Esse livro no momento encontra-se esgotado com previsão de reedição no início de 2011, com um título mais “enxuto”: “Habilidades sociais, o modelo de Jesus

Tem saído para fazer palestras em outras cidades?

Raramente tenho feito palestras fora da cidade de São Carlos. Preferimos aceitar convites para cursos que entendemos poder oferecer uma colaboração mais efetiva dentro de nossos recursos.

Como pode ser contatado?

Além do nosso site (acima), meu endereço é: adprette@ufscar.br

Algo mais que queira acrescentar?

Agradecer esta oportunidade que você me possibilitou, agradecer a paciência dos leitores e também agradecer aos espíritos amigos que nos auxiliam em nossa renovação espiritual.







LEGENDA: A mãe de Almir ladeada pelos pais tendo ao colo a irmã mais velha; Almir aos 17 anos de idade; Almir à direita com os amigos da universidade e do movimento espírita (Vital à esquerda, Everaldo no centro); Em Curso de Dirigentes, em Araçatuba, com o casal Aylton Paiva e Maria Eny (acolitando o nenê) e outros participantes; Almir em curso para jovens desempregados em João Pessoa, (PB); Almir com os membros do Grupo RIHS, na UFSCar, 2010; Curso em Matão (2010) na Comunidade Espírita Caibar Schutel (com apoio de Fátima e Edo Mariano); Almir com Zilda e filhos (crianças) no período de pós-graduação; Almir passeando com Zilda na cidade do Porto, Portugal; Almir com a família na Chapada dos Guimarães; Almir desenvolvendo palestra sobre Paradigmas Científicos (Geocêntrico e Heliocêntrico) e Religiosos (Lei de Talião e Lei Áurea.

OBS: AS FOTOS Desta entrevista só PODERÃO SER UTILIZADAS EM OUTRAS PUBLICAÇÕES MEDIANTE AUTORIZAÇÃO EXPRESSA DO entrevistadO.

Leia os Boletins Eletrônicos da Aliança Espírita Varas da Videira Araçatuba, SP


http://www.mediafire.com/?tpt0mxuyxaoa7wb



Leia o Jornal Espírita de Uberaba

O JORNAL ESPÍRITA DE UBERABA foi fundado em outubro de 2006, e traz artigos sobre: juventude, estudos espíritas, mensagens espíritas, trabalhos espíritas importantes, datas importantes do movimento espírita, eventos espíritas, personalidades do movimento espírita. Tudo sobre a doutrina espírita.

Ele é jornal eletrônico, mensal e gratuito.

Para você recebê-lo, basta se cadastrar através no e-mail: lcsouza@terra.com.br .

Você pode acessar todas as edições anteriores no endereço: http://www.issuu.com/jornalespiritadeuberaba .

Siga-nos em nosso TWITTER: http://twitter.com/jornalespirita .

Pedimos que nos enviem notícias de eventos para serem divulgados.

Luiz Carlos de Souza

Responsável pelo Jornal Espírita de Uberaba

Trabalhador na Seara Espírita em Uberaba-MG

(Informações em email de Luiz Carlos de Souza)

Suely Caldas Schubert em Carapicuíba, SP

Suely Caldas Schubert. Foto Jorge Moehlecke

07 DE FEVEREIRO

SEGUNDA-FEIRA

20H00

LOCAL

INSTITUIÇÃO ESPIRITA OFICINA DE LUZ

RUA PRAIA GRANDE, 411

ARISTON

CARAPICUIBA - SP

www.uniaoespirita.org.br

MAIS INFORMAÇÕES

oficinadeluz@uniaoespirita.org.br

(11) 9461-1692

(11) 7595-6429

com Guamalher

Em breve mais detalhes sobre o tema

LIVROS PUBLICADOS

Clique no título do livro para visualizar a sinopse

Mentes Interconectadas e a Lei de Atração (Lançamento)

O que fazemos aqui neste planeta? O que eu faço repercute, de alguma forma, no Universo? E o que fazem os demais seres humanos me atinge? Há uma nova maneira de pensar a vida? O que é a telepatia e o que é a clarividência, afinal? Como explicar a psicometria e a atividade psíquica nos sonhos? O que é a consciência? Posso ter uma conexão com a mente divina? E o amor, qual a sua importância no Universo?

Os Poderes da Mente

A autora analisa, de modo claro e ao alcance de todos, os poderes da mente, evidenciando os atributos do Espírito imortal. Aprofundando o tema, revela ainda alguns dos arquivos da alma, aclarando certos problemas que afligem o ser humano, como o autismo, as obsessões, as alucinações, pensamentos negativos, as tentações e vários outros aspectos de grande interesse para alcançarmos uma vida melhor, aprendendo a utilizar bem as fantásticas potencialidades de que somos dotados. Registra o pensamento dos mais modernos cientistas que se dedicam a essa área, tais como os físicos da consciência, neurologistas e psiquiatras.

Dimensões Espirituais do Centro Espirita

A autora demonstra com base em extensa e rica bibliografia, que o Centro Espírita não é apenas uma construção física, adequada às necessidades de natureza educativa, mas também evidencia sua importância na condição de casa de prece, lar, hospital, oficina e escola.

Mediunidade e Obsessão em Crianças

A autora demonstra com base em extensa e rica bibliografia, que o Centro Espírita não é apenas uma construção física, adequada às necessidades de natureza educativa, mas também evidencia sua importância

(*) SOBRE SUELY CALDAS SCHUBERT

É natural de Carangola (MG). Ainda criança, seus pais mudaram-se para Juiz de Fora (MG), onde ainda reside. De família espírita, dedica-se desde à adolescência a diversas atividades doutrinárias, especialmente no âmbito da mediunidade e da divulgação do Espiritismo. É também excelente expositora, realizando palestras e Seminários, no Brasil e no exterior. É uma das fundadoras da Sociedade Espírita Joanna de Ângelis, onde é membro atuante. Desde 1971 atua na Aliança Municipal Espírita de Juiz de Fora, onde já exerceu diversos cargos, sobretudo no Departamento de Assuntos da Mediunidade. Como escritora lançou seu primeiro livro Obsessão / Desobsessão: Profilaxia e Terapêutica Espíritas , em 1981, pela editora FEB. Em seguida, Testemunhos de Chico Xavier (1986), também editado pela editora FEB. Em 1989 , O Semeador de Estrelas e em 1996, Ante os Tempos Novos , ambos pela editora LEAL. Em 1999 Mediunidade: Caminho para ser Feliz , pela editora DIDIER. Em 2001 Transtornos Mentais , pela Minas Editora. É também excelente expositora, realizando palestras e Seminários, no Brasil e no exterior.

 

Elias Costa

(11) 9461-1692 - Claro

(11) 7595-6429 - Vivo

guamalher@gmail.com

guamalher@uniaoespirita.org.br

(Informações em email de guamalher guamalher@gmail.com)

Palestra e Noite de Autógrafos com André Luiz Ruiz Lorena, SP

PALESTRA E NOITE DE AUTÓGRAFOS COM

ANDRÉ LUIZ RUIZ

Médium, orador e apresentador espírita com mais de 500 mil livros vendidos. Sucessos como “O Amor Jamais te Esquece”, “Despedindo-se da Terra”, “Herdeiros do Novo Mundo”, entre outros.

Trazendo o tema:

“PREPARANDO-SE PARA O NOVO MUNDO”

Final dos tempos, salvação, comportamento humano, rotinas religiosas, sociais, familiares, escolhidos, eleitos, exilados, condenados....Serão alguns assuntos abordados.

SE O SEU MUNDO ACABASSE HOJE VOCÊ ESTARIA PREPARADO?

Local: Casa da Cultura - Lorena

Data: 15 de janeiro de 2011

Horário: 19:30h

Maiores informações com Patrícia:

Tel: 3153-3183 / Cel: 9129-2092 / 9194-2481

(Informações recebidas em email de Otávio Cunha)

O Vale do Paraíba visto de Campos do Jordão, SP. Foto Ismael Gobbo

Manolo Quesada na Rádio Fraternidade Neste Sábado

Descrição: C:\email\30-12-2010_arquivos\image009.jpg

Olá amigas e amigos.

Neste sábado, 08/01/2011, estarei na Rádio Fraternidade, apresentando o tema "Errar é Humano... Perdoar Também"... a transmissão terá início às 13h00.

O endereço virtual da Rádio Fraternidade é www.radiofraternidade.com.br

Agradeço a audiência de todos.

Abraço fraterno.

  

Manolo Quesada

www.manoloquesada.blogspot.com

(11) 5611-4554

(11) 8284-3337

(Informação em email de Manolo Quesada)

O Livro dos Médiuns em Santa Catarina Itajaí, SC

Em comemoração aos 150 anos de O Livro dos Médiuns, a Federação Espírita Catarinense promove o Congresso Catarinense sobre Mediunidade, no Centro de Eventos de Itajaí (SC) no dia 8 de janeiro. Das 9h às 20h, participantes de Santa Catarina, de outros estados brasileiros e de países vizinhos terão oportunidade de comparecer ao Congresso, que contará com a participação de Divaldo Pereira Franco, dos diretores da FEB Antonio Cesar Perri de Carvalho e Marta Antunes de Moura, José Raul Teixeira, Sandra Della Póla e Suely Caldas Schubert. Informações: www.fec.org.br

Ficheiro:Le Livre des Médiums.jpg

O Livro dos Médiuns

Versões de um comportamento

Todos nós possuímos um tesouro inestimável. Chama-se corpo humano. É uma máquina especial, dotada de tantas utilidades que o homem já concluiu que necessita estudá-lo muito ainda para descobrir tudo de que ele é capaz.

A nossa capacidade cerebral, por exemplo, não é utilizada senão em parte.

Com tal preciosidade, no entanto, não nos preocupamos o quanto deveríamos. Falamos de como o violentamos, em nosso dia-a-dia.

Por exemplo, existem pessoas que se dizem difíceis de serem provocadas. Aparentam calma, sangue frio e ouvem provocações descabidas, sem entrarem em uma briga.

Dizem que não vale a pena aceitar a provocação alheia, se desgastar em função de desequilíbrios que o outro esteja vivenciando.

Têm razão. Poupam-se assim de adquirir problemas graves para sua saúde, como seja, um mal-estar gastrointestinal, com cólicas, dores no estômago, dores de cabeça.

Outras criaturas, entretanto, aceitam facilmente qualquer provocação. Basta um pequeno esbarrão, entrando no ônibus, alguém que passe à sua frente em uma fila de espera qualquer, uma ultrapassagem no trânsito, para comprarem uma briga.

Alteram-se, xingam e, mesmo depois do pretenso mal-educado se retirar do local, continuam despejando o fel da sua raiva por sobre os que as rodeiam.

Falam sem parar, fazem gestos exagerados e, se eventualmente, a outra pessoa aceitar o desafio, partem para as vias de fato. A violência explode em tapas, socos e até uso de arma.

Essas pessoas com dificuldade retornam ao estado anterior, de mais ou menos normalidade, ou de normalidade aparente.

Mal imaginam que, enquanto pretendem agredir, estão a si mesmas fazendo grande mal. Um ataque de raiva descarrega na corrente sanguínea tal quantidade de tóxicos que, após tudo tranquilizado, prossegue envenenando órgãos nobres do corpo.

Durante um acesso de ira, dezenas de neurônios, células cerebrais delicadas, podem ser destruídas.

Enquanto a adrenalina circula em abundância, o coração bate descompassado e, por se tratar de uma bomba frágil, sofre avarias. Desta forma, as pessoas que se enraivecem e brigam com facilidade são mais propensas a problemas cardíacos.

Um ministro da saúde de nosso país já teve oportunidade de afirmar que o trabalho não mata. O que mata é a raiva.

E tem razão. A raiva é responsável pela instalação no organismo físico de muitas enfermidades. Enfermidades que, mais cedo ou mais tarde, conduzirão a criatura a diminuição de sua capacidade mental e física. Na sequência, para a morte prematura.

Sábio foi o Mestre Jesus que nos ensinou a mansuetude, a calma, a paciência ante todas as situações.

* * *

Com calma em nosso cotidiano, evitaremos as indisposições com terceiros, as irritações na via pública, a agressividade no trânsito da cidade, bem como os estresses desnecessários dentro do lar.

Com calma entenderemos cada ocorrência à nossa volta e cada pessoa em nosso caminho.

Guardemos a certeza de que, com calma, nada perderemos em nossa trajetória humana.

Seja qual for a situação que nos convide à ação, à tomada de atitude, façamos com calma, com muita calma e aguardemos a colheita dos frutos da saúde e da paz.

Redação do Momento Espírita, com pensamentos finais do cap. 7, do livro Para uso diário, pelo Espírito Joanes, psicografia de Raul Teixeira, ed. Fráter.

Em 07.01.2011.


Ficheiro:Pacientia or Patience.jpg

Representação artística da paciência. Imagem: http://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:Pacientia_or_Patience.jpg

Palestra Sermão

Américo Sucena

A palestra é um recurso típico das casas espíritas.

O conceito de palestra é para o dicionário Michaelis: conferência ou discussão sobre tema científico ou literário. No Aulete: conferência sobre determinado assunto cultural ou científico. No Houaiss: conferência ou debate sobre tema cultural ou científico

Percebe-se não haver muita diferença entre os “pais da matéria” sobre o tema.

Mas algo nos preocupa com relação ao assunto palestra, que é a possibilidade dela se tornar um sermão.

O conceito de sermão para os três dicionários acima também não difere essencialmente: discurso moralizador; admoestar ou série de considerações com o fim de moralizar; censurar; repreender; reprimenda.

Uma das grandes lições de Jesus foi nunca criticar, ou censurar, até mesmo as pessoas mais comprometidas com o erro.

Diante de mulher adúltera, não impôs nem exigiu mudanças e quando curava, limitava-se a alertar “vai e não erres mais, para que não aconteça coisa pior” deixando por conta do livre arbítrio da criatura, o que fazer diante das experiências seguintes.

Diferentemente de Jesus, não temos o direito de fazer admoestações a quem quer que seja pelo simples motivo de que somos ainda espíritos passíveis do mesmo erro.

Voltando à preocupação inicial, precisamos estar vigilantes para não escorregar e tornar a palestra que estamos fazendo um sermão, ainda que por instantes.

Vamos a um exemplo.

Eu posso falar da seguinte maneira dirigindo-me à platéia: “Você é livre para decidir o que fazer, mas quando se lesa alguém fisicamente, afetivamente, emocionalmente ou comercialmente, você terá que reparar”.

A frase fica ainda pior se for dita assim: “Vocês são livres para decidir o que fazer, mas quando lesam alguém fisicamente, afetivamente, emocionalmente ou comercialmente, vocês terão que reparar”.

Eu posso falar dessa forma, mas não devo, sob pena de transformar uma boa palestra em um sermão.

A nosso ver a frase acima deve preferencialmente ser dita como segue: “Eu sou livre para decidir o que fazer, mas quando leso alguém fisicamente, afetivamente, emocionalmente ou comercialmente, eu terei que reparar”. Ou colocarmos no plural: “Nós somos livres...”.

Esta forma de se incluir como alguém que também está sujeito ao erro, mostra o cuidado e o respeito que o orador tem com a platéia, tornando o assunto mais leve e deixando por conta do público a reflexão necessária.

Estejamos atentos.

(Texto repassado por Orson Peter Carrara)

Newsletter DIJ Lisboa, Portugal

(Recebido em email de Nuno Emanuel)

Alvorada Rádio WEB Feira de Santana, BA

GOSTÁRIAMOS QUE CITASSE EM SUAS INDICAÇÕES A
NOSSA ALVORADA RÁDIO WEB (www.alvoradaespirita@hotmail.com)


ESTAMOS NO AR DESDE 16 DE FEV DE 2010, SENDO ATIVA 24:HS
COM SEMINÁRIOS, PALESTRAS, ESTUDO LIVRO DOS ESPIRITOS
EVANGELHO, E OUTROS TDS. OS DIAS. JÁ CONSEGUIMOS MÁS DE 34.000
ACESSOS. SENDO A UNICA WEB ESPIRITA 24:HS DO INTERIOR
NORTE-NORDESTE DO BRASIL, TORNANDO ASSIM UMA PIONEIRA, QUE
TEVE ORIGEM, APÓS 8 ANOS DE PROGRAMA DIARIOS EM RÁDIO AM.

CONTAMOS COM SUA COOPERAÇÃO PARA A DIVULGAÇÃO.


ADILSON M. GOMES (BIGBOY)

ALVORADA RÁDIO WEB

FEIRA DE SANTANA, 06 DE JANEIRO DE 2011

(Informação em email de Rose Moliterno)

Peça teatral “Operários do Palco” Lorena, SP

patriciaoperariosdopalco@ig.com.br

Sou produtora da Companhia Teatral "Operários do Palco", de São Paulo.

Estamos trazendo para o vale a peça "Herdeiros do Novo Mundo", com a estréia da temporada na cidade de Lorena no dia 23 de janeiro.

Teremos espetáculo em outras cidades também.

Acontecerá em Lorena, na semana que vem dia 15, uma palestra com noite de autógrafos do médium, orador e apresentador espírita André Luiz Ruiz.(Programa Transição- Rede Teve e outros)

Preciso urgente de contatos de pessoas do movimento espírita de Pindamonhangaba.

Preciso distribuir o material de divulgação dos dois eventos na cidade o mais rápido possível.

Agradeço de antemão a todos que puderem me ajudar nessa empreitada, inclusive divulgando esse texto para os companheiros de doutrina.

Abraços a todos!

Muita paz!

Patrícia Aquila

Produtora

Contato:

Tel: (12) 3153-3153

Cel: (12) 9129-2092

Cel: (12) 9194-2481

patriciaoperariosdopalco@ig.com.br

www.operariosdopalco.com.br

(Informações recebidas em email de Otavio Cunha)


Ficheiro:Eelusp.jpg

Faculdade da USP. Foto: http://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:Eelusp.jpg

Vídeos do Ciclo de Palestras Chico Xavier Colatina, SP

http://vimeo.com/scee/videos/sort:date

http://vimeo.com/18454566

Neste ano Chico Xavier estaria comemorando 100 anos de nascimento, a FEB - Federação Espírita Brasileira decidiu promover em todo Brasil eventos em homenagem a Chico, mostrando sua trajetória no trabalho no Bem. O Movimento Espírita de Colatina-ES, teve como tema central na 14ª Semana Espírita de Colatina (04 a 07/10/2010), "Chico Xavier, um Homem Chamado Amor", para que conheçam um pouco mais deste homem que veio ao mundo nos ensinar a amar. A Semana Espírita é coordenada pelo 2º CRE (Conselho Regional Espírita) e organizada pelas 04 casas espíritas de Colatina, Centro Espírita Alexandre Drumond, Centro Espírita Vicente de Paulo, Grupo Espírita Irmã Scheilla e Sociedade Colatinense de Estudos Espíritas.

(Informações em email de Nuno Emanuel)

Livros Recentes de Chico Xavier

O Grupo Espírita da Prece de Francisco Cândido Xavier, de Uberaba (MG), juntamente com a Editora IDEAL (SP) lançou dois livros inéditos psicografados por Chico Xavier: "Chico Xavier: exemplo de amor..." e "Chico Xavier: o referencial". O novos livros foram organizados por Eurípedes Humberto Higino dos Reis e contém mensagens curtas, de vários Espíritos, principalmente Maria Dolores e Cornélio Pires, psicografadas por Chico Xavier nas últimas reuniões que compareceu no Grupo Espírita da Prece, entre 1997 e 2001. Informações: Rua Dom Pedro I, 165 - Parque das Américas - Uberaba - CEP 38045-050; www.febnet.org.br, www.100anoschicoxavier.com.br

(Informações em email de César Perri)

Palestra de Rosangela Pires no 20º. Aniversário do Bezerra de Menezes Guarulhos, SP

(Informação em emails de Regina Bachega e de Irene Maria do N. Soares irene.soares@solucoesusiminas.com)

Posse da nova diretoria do C.E. Jesus de Nazaré Feira de Santana, BA

caros irmãos,

relembramos a todos a nossa reunião de posse da nova diretoria do ce jesus de nazaré em feira de santana, bahia:
dia 30 de janeiro
às 9h
palestra: novos rumos e desafios para a casa espírita
convidado: anivan nery (CR1)

contamos com a presença de todos!
renovamos os votos de paz!

suzi e livia
presidência

(informação em email de Suzi Barboni)

Encontro de Evangelizadores Espíritas com Eugênia Maria Jaú, SP

(Informações em email de Eugênia Maria)

XIV Semana Espírita do C.E. Casa de Redenção Joanna de Angelis Salvador, BA

(Informação em email de Kau Mascarenhas)

II Movimento Você e a Paz Camboriú, SC

PARTICIPE

II Movimento Você e a Paz acontecerá em Camboriú, SC, dia 9 de janeiro de 2011, na Av. Atlântica, em frente ao Hotel San Remo, a partir das 19h, com a presença de Divaldo Franco.

Abraço-Jorge Moehlecke

ABAIXO FOTOS DO I MOVIMENTO REALIZADO EM 2010






Simpósio Catarinense Sobre Mediunidade Itajaí, SC

No dia 8 de janeiro, a partir das 9h, no Centro de Eventos de Itajaí (Av. Konder Reis, s/n – Parque da Marejada), estará acontecendo o Simpósio Catarinense sobre Mediunidade, alusivo aos 150 anos de O Livro dos Médiuns. Promoção da Federação Espírita Catarinense. Presentes Divaldo Franco, Raul Teixeira, Sandra Dela Polla, Suely C. Schubert, Marta A. Moura e Nestor Masoti.

(Informações em email de Jorge Moehlecke)

Nota de Desencarnação

Desencarnou o Sr.Nércio A.Alves, apresentador do Programa Libertação que vai ao ar as 20hs pela Rádio Boa Nova.

Ele desencarnou as 12h30 de hoje, ainda não temos informações sobre o velório

De nossa parte lamentamos a perda física de nosso amigo, mas, nos, sentimos felizes e gratos por termos compartilhado de sua companhia, alegre e sensata

Muita Paz Nércio A.Alves e seus familiares!!!!

Livros: do Médium Nércio A.Alves

- Assim pensa Rosemeire

- Sempre Doce Rose-Rose

- Os Abortados

- Carícia

- Piedade

- Resgates

- O Amanhã nasce do Hoje

- Liberta-me

- Reparando Faltas

- Algemados

- Nós Abortamos

- Afogados

- Compromissos adiados

Grupo Espírita Lenico – Casa de Preservação da Vida

Rua Iriri-mirim, 169 - Jardim Santa Terezinha – Z.Leste de SP

(Informações recebidas em emails de Sueli Vidal sueli_vidal@hotmail.com repassado por Regina Bachega dia 6/1/2011, as 17:31)

Quando você é jovem

Quando você ouve o canto dos passarinhos no céu e se alegra com a sua algazarra na madrugada, sem dizer que eles vêm lhe perturbar o sono;

quando você se delicia com o vento que sopra do mar, nas tardes quentes;

quando você tem tempo para ver as flores que dançam a dança das cores nas praças e nas estradas;

quando você tem a fé dos grandes conquistadores, dos profetas e dos inventores que enxergavam mais além, e marcaram o futuro pondo luzes na escuridão da ignorância humana, para nortear os que vieram e os que continuam a vir;

quando você consegue despertar pela manhã com a certeza de que o dia oferece sempre a melhor oportunidade, a resposta correta a todas as incertezas;

quando você tem a mente aberta, positiva, criativa, otimista. Aquela que procura sempre a verdade. Quando você tem consciência da sua inteligência e da sua genialidade;

quando você acredita que há um poder Divino que vela por sua vida; quando você crê que esta imensa força faz tudo acontecer;

quando você pensa grande e não tem medo do mal porque Deus é a sua defesa e proteção;

quando você acredita que este mundo tem conserto, que cada dia que passa o torna ainda melhor;

quando você sorri e fala e acredita que o paraíso está em você e ao seu redor;

quando você admira os heróis de cada dia. Quando você vibra de alegria com os que fazem o bem. Quando aplaude os grandes gestos dos ricos e dos modestos, pelo simples valor que eles têm;

quando você tem em mente seguir em frente com toda fé no presente e esperança no futuro;

quando você é capaz de sorrir para os mais velhos, de escutar os seus conselhos com paciência e mansidão; quando você cede o braço para que nele eles se amparem e diminui o passo, para que eles o possam acompanhar;

quando você vibra e canta nas cordas do coração. Quando você diz que nasceu para viver num mundo cheio de paz. Quando você não reclama porque acredita mesmo que a vida é você que a faz;

quando você tem vontade de abraçar a Humanidade, negros, brancos, amarelos. Crianças, velhos, doentes, num forte abraço de amor;

quando você canta a vida, porque a vê como uma grandiosa seresta; quando você se emociona no sentimento da prece cheia de fé;

quando tudo isso acontece, você é grande, é forte e existe em você o brilho da eterna mocidade.

Tenha você qualquer idade, você é um jovem!

* * *

Jovem é todo aquele que não se permite deixar de crescer a cada dia. A sua meta é aprender sempre mais.

Jovem é todo aquele que se alimenta da fé e não teme falar de Deus, das suas convicções, da alegria que lhe sobeja na alma.

Jovem é aquele que se esquece de contar os anos e se surpreende a cada vez que o bolo de aniversário apresenta mais uma velinha.

Redação do Momento Espírita, com base em texto de autoria desconhecida, encontrada em um cartão de aniversário, enviada pelo ouvinte Luiz Pedro Pizzato. Em 22.12.2010.


PRAIA EM TARROS, SARDEGNA, ITÁLIA. FOTO ISMAEL GOBBO

Seminário: Influência das emoções em sua saúde com Liszt Rangel Pesqueira, PE

Liszt Rangel é conferencista, escritor, pesquisador, jornalista e acadêmico de psicologia. Já escreveu 6 livros, entre eles, Um mestre em minha vida. Este concorreu ao maior prêmio da Literatura Nacional em 2008, o Prêmio Jabuti, e em 2007 lançou o seu livro Pensando com o coração - a influência das emoções em sua saúde que ficou como o quinto livro mais vendido da Bienal Internacional em Pernambuco.

Há dez anos vem pesquisando sobre o tema JESUS HISTÓRICO, lançando uma série investigativa com três livros sobre o assunto.

Em 2010, o autor ampliou ainda mais as suas pesquisas sobre esse tema, pois apresentou seus trabalhos no Egito e em Jerusalém.

No seminário Liszt Rangel abordará a influência das emoções em nossa saúde. Fará uma abordagem objetiva e elucidativa de como equilibrar mente e corpo, razão e coração. Com casos reais, ele vai descortinando o mundo dos sentimentos e das emoções.

O seminário é um verdadeiro manancial de informações atualizadas de como gerenciar e sublimar estados afetivos que, quando não observados, podem ser altamente prejudiciais a nossa paz e nossa saúde. As doenças psicossomáticas recebem neste seminário um tratamento especial, pois passam pela análise da ciência do espírito, sem serem dispensadas, no entanto, as explicações de estudiosos da Psicanálise, da Psicologia e da Medicina.

Na oportunidade Liszt estará autografando seus livros e DVDs.

Local: Câmara Municipal de Pesqueira

Data: Sábado, 15 de janeiro de 2011.

Horário: 19h30min

Entrada: Franca

Promoção e Realização

Lar Espírita Maria de Nazaré

e

Programa Visão Espírita

O evento comemora os aniversários:

Lar Espírita Maria de Nazaré (18 anos)

Programa Visão Espírita (8anos)

(Informação recebida em email de José Antonio Ferreira da Silva j.antonio.ferreira@hotmail.com)

Excursão para XIII Conferência Estadual Espírita do Paraná Curitiba, PR

DE 18 A 20/03/2011 EM CURITIBA – PR

PALESTRANTES:DIVALDO FRANCO, RAUL TEIXEIRA , ALBERTO ALMEIDA ,HAROLDO DUTRA DIAS,SUELY CALDAS SCHUBERT E SANDRA BORBA PEREIRA

SAÍDA DE GUAXUPÉ EM:17/03/11,QUINTA-FEIRA ÀS 22:00 H

18/03 – PASSEIO EM CURITIBA,JARDIM BOTÂNICO,ÓPERA DO ARAME E PARQUE TINGUÁ,ALMOÇO, ACOMODAÇÃO NO HOTEL E TARDE LIVRE.

ÀS 19:30 H TRANSLADO PARA O EXPO TRADE CENTER;

22:30 H RETORNO PARA O HOTEL;

19/03 – TRANSLADO PARA EXPOTRADE DAS 08:00 E RETORNO PARA O HOTEL ÀS 22:30 H;

20/03 – 08:00 H, SAÍDA DO HOTEL PARA O EXPOTRADE;

15:30 H RETORNO PARA GUAXUPÉ .

TRANSPORTE EM ÔNIBUS LUXO, COM AR,TV,WC,DVD,SOM ;

HOSPEDAGEM NO HOTEL EXCLUSIVO – S.J.DOS PINHAIS

Valor :RS 400,00(*) TRANSPORTE E HOSPEDAGEM

(*) VALOR PARCELADO EM ATÉ 4 VEZES

INFORMAÇÕES COM WALMOR ZAMBROTI(35)9199-9819 E

ANDRÉ BETTONI (35) 9119-0091/3552-6222

albettoni@bol.com


XIII CONFERÊNCIA ESTADUAL ESPÍRITA

Abaixo a programação dos eventos relativos à XIII Conferencia Estadual Espírita e às Conferências no Interior:

Data

Horário

Até

Expositor

Atividade

18/03/2011

6ª feira

20h30

Divaldo P Franco

Conferência - Mediunidade com Jesus

19/03/2011

sábado

9h

10h30

Suely Caldas Schubert

Seminário - Obsessão, Terapêutica e Prevenção com Jesus

19/03/2011

sábado

10h30

11h

Intervalo

19/03/2011

sábado

11h

12h00

Alberto Almeida

Conferência - Mediunidade nas Relações Interpessoais

19/03/2011

sábado

12h00

14h00

Almoço

19/03/2011

sábado

14h00

15h00

Haroldo Dutra Dias

Conferência - Mediunidade nos Evangelhos

19/03/2011

sábado

15h00

15h30

Intervalo

19/03/2011

sábado

15h30

16h30

Sandra Borba

Conferência - Mediunidade na Perspectiva da Educação

19/03/2011

sábado

16h30

17h

Intervalo

19/03/2011

sábado

17h

18h30

Divaldo P Franco

Seminário - Transtornos Mediúnicos

19/03/2011

sábado

18h30

20h30

Jantar

19/03/2011

sábado

20h30

Raul Teixeira

Conferência - Espiritismo e Mediunidade

20/03/2011

domingo

8h45

9h45

Sandra Borba

Conferência - Fenômeno Mediúnico Através dos Tempos

20/03/2011

domingo

9h45

10h05

Intervalo

20/03/2011

domingo

10h05

11h05

Alberto Almeida

Conferência - Mediunidade e Saúde

20/03/2011

domingo

11h05

12h05

Haroldo Dutra Dias

Conferência - Mediunidade na Obra de Emmanuel

20/03/2011

domingo

12h05

13h35

Almoço

20/03/2011

domingo

13h35

15h05

Raul Teixeira

Seminário - Perigos e Inconvenientes da Mediunidade

20/03/2011

domingo

15h05

16h30

Todos

Painel - Conclusão dos Temas

Informações recebidas em email de albettoni@bol.com.br André Luis Bettoni Guaxupé-MG (35)3552.6222/9119.0091)

File:Praca do Japao 1 Curitiba Brasil.jpg

Praça do Japão, Curitiba, PR. Foto: http://en.wikipedia.org/wiki/File:Praca_do_Japao_1_Curitiba_Brasil.jpg