BLOG DE NOTÍCIAS DO MOVIMENTO ESPÍRITA.....ARAÇATUBA- SP

Atenção

"AS AFIRMAÇÕES, INFORMAÇÕES E PARECERES PUBLICADOS NESTE BLOG SÃO DE RESPONSABILIDADE EXCLUSIVA DE QUEM OS ELABOROU, ASSINA E OS REMETEU PARA PUBLICAÇÃO. FICA A CRITÉRIO DO RESPONSAVEL PELO BLOG A PUBLICAÇÃO OU NÃO DAS MATÉRIAS, COMENTÁRIOS OU INFORMAÇÕES ENCAMINHADOS."

domingo, 19 de dezembro de 2010

A mensagem de Jesus a Herodes. O lamento sobre Jerusalém

JERUSALÉM E SUA MURALHA. FOTO ISMAEL GOBBO

Naquela mesma hora alguns fariseus vieram para dizer-lhe: Retira-te, e vai-te daqui, porque Herodes quer matar-te.

Ele, porém, lhes respondeu: Ide dizer a essa raposa que hoje e amanhã expulso demônios e curo enfermos, e no terceiro dia terminarei.

Importa, contudo, caminhar hoje, amanhã e depois, porque não se espera que um profeta morra fora de Jerusalém.

Jerusalém, Jerusalém! Que matas os profetas e apedrejas os que te foram enviados! quantas vezes quis eu reunir teus filhos como a galinha ajunta os do seu próprio ninho debaixo das asas, e vós não o quisestes!

Eis que a vossa casa vos ficará deserta. E em verdade vos digo que não mais me vereis até que venhais a dizer: Bendito o que vem em nome do Senhor. (Lucas 13: 31 a 35)

Focalizando o Trabalhador Espírita Antonio Leal

Antonio Leal

Entrevista para Ismael Gobbo ao

Notícias do Movimento Espírita

O entrevistado Antonio Leal é um português da cidade de Aveiro que presentemente reside em Londres. É casado com a brasileira Lea Nascimento, de Belém, Pará, e tem dois filhos, Laura e Tiago. Iniciou-se no Espiritismo em Portugal e, em Londres, é trabalhador espírita vinculado ao Solidarity Spiritist Group, tendo participado em funções na British Union of Spiritist Societies - B.U.S.S. Nesta entrevista ele nos fala de sua vida pessoal e espírita como, também, do belo trabalho da Operation Christmas Child”, organizado pelos Samaritan’s Purse International, onde caixas de sapatos são transformadas em presentes de Natal para crianças em situação de risco. Um trabalho bonito e exemplar que pode servir de inspiração para todos nós.

Ismael Gobbo - Antonio poderia nos fazer sua apresentação pessoal?

Antonio Leal - Meu nome é Antonio Leal, nasci em Aveiro cidade do litoral de Portugal no ano de 1966. Em Aveiro residem meus pais e maior parte da minha familia e aí estão minhas raízes. Aos 24 anos passei a residir em Londres, na Inglaterra, onde conheci minha esposa Lea Nascimento, de Belém, Pará, e tivemos nossos dois filhos, que são Laura com 10 e Tiago com 7 anos.

Qual a sua formação acadêmica e profissional?

Sou formado em gestão de turismo internacional no London Institute, o qual passou agora a University of the Arts London. Profissionalmente atuo na área de recursos humanos numa das maiores redes de supermercados da Inglaterra onde sou diretor de pessoal em uma das unidades.

Como você conheceu o Espiritismo e desde quando é espírita?

Iniciei-me em Aveiro, Portugal onde com vinte e dois anos de idade tive um primeiro contato com a paranormalidade e espiritualismo. Depois de anos de afastamento devido às inúmeras dúvidas que a falta de informação e estudos deixaram, vim a conhecer o Espiritismo em Londres, na Inglaterra, há cerca de 15 anos. Desde então uma nova trajetória abriu-se na minha vida.

A que Casa Espírita você está vinculado presentemente e qual os trabalhos que nela desenvolve?

Sou membro fundador do Solidarity Spiritist Group. Presentemente trabalho com a coordenação de estudos, sou expositor e participo do atendimento fraterno. No passado integrei o trabalho prático mediúnico, fiz parte da administração onde fui vice-diretor do Solidarity e também dirigi iniciativas na área de ajuda social e caridade.

Você poderia nos fazer uma retrospectiva de sua atuação no Movimento Espírita?

Como referi anteriormente, sou membro trabalhador do Solidarity Spiritist Group. Tenho contribuído para o trabalho de outros grupos com palestras, no passado integrei a comissão executiva da nossa federação (British Union of Spiritist Societies - B.U.S.S.) no cargo de tesoureiro e como conselheiro. Também tenho contribuído na produção de áudio-visuais e power points para congressos e na área de caridade.

Dias atrás divulgamos a bela campanha de Natal desenvolvida pelos Samaritanos junto a BUSS e Grupos que atraiu a atenção de muitas pessoas. Poderia nos explicar essa campanha?

A ”Operation Christmas Child” é organizado pelos Samaritan’s Purse International. Contam-se mais de sessenta e cinco milhões de crianças em muitos países que receberam ajuda através deste projeto, o qual é o maior do seu gênero. A proposta é de fazer um presente de Natal para uma criança, utilizando uma caixa de sapatos vazia. O presente pode ser para menino ou menina e existem três grupos etários, dos 2-4, dos 5-9 e dos 10-14 anos. Estando o presente pronto, pode ser entregue em muitos pontos de entrega no país inteiro, desde escolas, lojas, igrejas, etc.

Quem participa dela? São só espíritas?

Não, mas sim o público em geral. Aqui no Reino Unido são inúmeras escolas, igrejas, associações, empresas entre outros que participam. Na verdade os espíritas são uma pequena percentagem em relação ao todo.

Desde quando ela vem sendo realizada?

A O.C.C. começou em 1990, quando saiu do Reino Unido um caminhão com destino à Romênia com três mil caixas de sapatos transformadas em presentes de Natal para crianças em situação de risco. Nós os espíritas vimos contribuindo já há alguns anos. Desde 2006, a B.U.S.S. começou a coordenar este trabalho e registrando os resultados entre os espíritas no Reino Unido.

Quais os resultados da campanha deste ano?

Este ano conseguimos fazer 541 caixinhas, o que mais uma vez demonstra um franco crescimento. Importa aqui mencionar que é sempre um bom resultado para nós quando conseguimos atrair mais espíritas e o público em geral para a caridade. No ano passado foram feitas um milhão e duzentas mil caixas no Reino Unido.

Quem doa e quem produz esses Kits de Natal?

Durante os três meses desta campanha fazemos inúmeros apelos para caixas já produzidas como presentes, doações em materiais e dinheiro. Recebemos doações de empresas privadas, de pessoas que fizeram as suas angariações de fundos entre familiares e amigos, dos freqüentadores dos grupos espíritas e do público que conseguimos atingir. Organizamos quatro mutirões ou oficinas para montar as caixas o que é um trabalho laborioso, mas gratificante, pois não só praticamos a caridade como confraternizamos com os confrades de vários centros espíritas.

De que é composto o presente?

Os presentes normalmente são compostos com brinquedos, material escolar, sabonete, escova e creme dental, balinhas, luvas, cachecol, chapéu e dependendo do gênero e idade outras coisa podem ser acrescentadas. Os Samaritanos implementaram um critério rigoroso na lista de itens que aceitam e como podemos já constatar nos centros de entrega e despacho, um verdadeiro trabalho de vistoria é feito a cada caixa para garantir que objetos que não constem da lista de aceite passe adiante.

Quem irá receber esses presentes de Natal?

Do Reino Unido saem para a Europa de Leste, Ásia Central e alguns países na África. A entrega é feita pelos próprios Samaritanos em parcerias com escolas, orfanatos, igrejas, dentre outros.

Havendo alguma entidade interessada os Samaritanos poderiam fornecer orientações de como realizar o trabalho?

De certo que sim. Aqui no Reino Unido os Samaritanos desenvolveram um poderoso e eficiente web site para dar a oportunidade ao público de se informar e envolver-se com este trabalho. Neste web site estão disponibilizados recursos gratuitos para fazer-se campanha própria e doações. Na Europa Ocidental, Estados Unidos e Canadá temos informações de que este trabalho tem grande projeção. Não posso aqui confirmar se no Brasil esta campanha existe.

Algo mais que queira acrescentar?

Sim. Convidar o leitor a envolver-se com a caridade e principalmente ajudar crianças em situação de risco. Esta é a melhor forma de construirmos um mundo melhor. Sabemos que são muitos os desafios que a humanidade atravessa, mas lembremo-nos de amar os desfavorecidos e mostrar que os valorizamos. E, por fim, da mesma forma que eu me interessei pela O.C.C., muitos somos os que podem coordenar e envolver outros à nossa volta para o trabalho humanitário e do Amor.













LEGENDA: O Casal Antonio Leal e Lea; Antonio e Lea na cidade de Fátima, Portugal; Antonio e Lea com os filhos em passeio por Londres; Antonio com a esposa Lea em Trier, Alemanha; o casal Leal com os filhos no Vaticano; Laura e Tiago, filhos de Antonio Leal e Lea, passeando por Londres; Convite do OCC 2010; equipe OCC de 2007; OCC 2009 no final dos trabalhos; OCC 2010, equipe preparando as caixas; OCC 2010 colocando os presentes nas caixas; OCC 2010 equipe trabalhando; Elsa Rossi, no centro, com outras duas trabalhadoras; a animada equipe de trabalho fazendo as montagens dos kits; Antonio Leal no depósito; a conclusão das 541 caixas de presentes do OCC 2010; no depósito de entrega e despacho do OCC.

OBS: AS FOTOS Desta entrevista só PODERÃO SER UTILIZADAS EM OUTRAS PUBLICAÇÕES MEDIANTE AUTORIZAÇÃO EXPRESSA DO entrevistadO.


Instituto Batuíra de Saúde Mental pede ajuda Goiânia, GO

Saudações, prezados senhores.

Peço novamente a sua ajuda para divulgar a nota abaixo. Sua solidariedade tem permitido que mais pessoas colaborem com o Batuíra.

Muita Paz, Luz e Saúde!

Fraternal abraço,

Sérgio Luís Haas
9948 4870

*-*-*

“SOS Batuíra: frutas, suco em pó, alho e café”

O Instituto Espírita Batuíra de Saúde Mental está solicitando a sua colaboração, de entidades e de empresários para receber doações de frutas, suco em pó, alho e café para os mais de 60 pacientes em tratamento que sofrem de transtorno mental ou alcoolismo.

Qualquer quantidade é muito bem vinda. As doações podem ser entregues diretamente no Batuíra: Avenida Eurico Viana, Quadra 44 - Setor Jardim Goiás - Goiânia - GO

Fundado em 1949, o Batuíra é um hospital 100% SUS e atende gratuitamente homens e mulheres que sofrem de transtorno mental ou dependência química.

Informações: fone (62) 3281 0655 ou pelo site: www.batuira.org.br

(Informações recebidas em email do Instituto Batuíra de Saúde Mental)

Programa Ação 2000 da ADE-SP Rede Boa Nova de Rádio

ASSOCIAÇÃO DE DIVULGADORES DO ESPIRITISMO DE SÃO PAULO

SÃO PAULO, 16 DE DEZEMBRO DE 2010

Release

“JOVENS TROCAM LIVROS POR LEITURA DIGITAL”– Família é fundamental na criação do hábito de ler. Matéria do jornal O Estado de São Paulo, Caderno Vida, de 12 de dezembro de 2010, de autoria da jornalista Mariana Mondelli.

O tema acima será analisado e discutido pela equipe do programa AÇÃO 2.000 - A VISÃO ESPÍRITA DA NOTÍCIA. O slogan do programa: “A ADE comenta e analisa o assunto, mas não fecha a questão”. Vale lembrar, que a transmissão é ao vivo, neste sábado, dia 18 de dezembro de 2010 às 8 horas, pela REDE BOA NOVA DE RÁDIO.

Participam do programa como comentaristas, os comunicadores da ADE-SP Spério Faccione Junior, Tarcízio Bazílio e Américo Sucena.

Direção: Éder Fávaro.

Sintonize a rádio em AM 1450 (Capital e Grande São Paulo). Em Sorocaba e Região Sudoeste - SP: 1080 - Brasil : Via Parabólica: Leiloação TV (Canal do Boi) e pela internet ao vivo ou gravado no site www.radioboanova.com.br

Os ouvintes podem participar pelo Tel. 0800.9795011 ou pelo e-mail: rede@radioboanova.com.br

Deodora Pachicoski

Assessora de Imprensa da ADE-SP

www.adesaopaulo.org.br e imprensa@adesaopaulo.org.br

Noite de gratidão na Cidade da Luz Salvador, Bahia

No dia 14 de dezembro, ocorreu, na Cidade da Luz, mais uma "Noite da Gratidão": doutrinária festiva, na área externa da Instituição, oportunidade em que o espírito Bezerra de Menezes, através de José Medrado, vem dar as Boas Festas aos presentes. O número de participantes cresce a cada ano, calculando-se que cerca de 3.500 pessoas estiveram presentes, para terem seus corações tocados pela generosidade daquele espírito que, pela sua dedicação à causa do Consolador, fora considerado o Kardec Brasileiro, quando em vida física. Emoção estava presente nos rostos de todos aqueles que participaram dessa inesquecível noite. Acima, o adeus a Dr. Bezerra.

Cidade da Luz – instituição fundada e presidida pelo médium José Medrado

Rua Barreto Pedroso, 295

(Informações e fotos recebidas em email de Cidade da Luz cidadedaluz@cidadedaluz.com.br)



Vídeo com Dr. Severino Celestino da Silva “Do Egito a Israel, nos passos de Jesus”

Foto do vídeo por Ismael Gobbo

“Do Egito a Israel, nos passos de Jesus”, com Severino Celestino da Silva

http://vimeo.com/17893029

No domingo, dia 27/06/2010, de 09 as 10h da manhã, na Sociedade Colatinense de Estudos Espíritas (scee-online.blogspot.com), o Dr. Severino Celestino da Silva, dentista, conferencista internacional, escritor, teólogo especialista em hebráico, latim e grego, coordenador do Curso de Ciências das Religiões da Universidade Federal da Paraíba, ministrou a palestra com o tema “Do Egito a Israel, nos passos de Jesus”. Ele abordou através de imagens, sobre os aspectos dos lugares por onde Jesus percorreu durantes seus 33 anos de existência física aqui na Terra. Vale a pena conferir… Carlos Pretti (Departamento de Divulgação da SCEE).

(Informação em email de Nuno Emanuel e visita ao video)

Festividades de encerramento do centenário de nascimento de Francisco Cândido Xavier. Pedro Leopoldo, MG

Amigos,

Segue o convite anexo para o encerramento das comemorações do centenário de Chico Xavier em sua cidade natal, Pedro Lepoldo, com o lançamento de mais duas obras inéditas de sua psicografia a saber COLHEITA DO BEM pelo espírito de Neio Lúcio, da organização de Wanda Joviano, e LUZ NA ESCOLA - Chico Xavier na Escola Jesus Cristo de Campos em 1940, por espíritos diversos, da organização de Clóvis Tavares.

Abraços de sempre,

Geraldinho Lemos

(Informação em emails de Geraldo Lemos Neto e Regina Bachega)


Foto: Hemendra Nath Banerjee e Chico Xavier. Foto do acervo do IBPP recebida de Suzuko Hashizume

Mensagem em vídeo sobre o Natal com Chico Xavier

Acesse aqui: http://www.cadernodemensagens.net/node/1834

(Colaboração em email de Nilberto Beto nilberto.betonil@gmail.com)

I Mês cultural Espírita Chico Xavier com Paula Zamp Guarulhos, SP

(Informação em email de Regina Bachega)

Encontros em Salvador, Bahia, com Divaldo Pereira Franco

Segue abaixo o vídeo promocional - Você e a Paz 2010 - Salvador-BA.
http://www.youtube.com/watch?v=2osm0ZJ0bfA

- 14 de dezembro -

O grupo formado por nove pessoas oriundas de Porto Alegre, Novo Hamburgo, Santa Cruz do Sul e Santa Maria, do Rio Grande do Sul, chegou à Salvador/BA em 14 de dezembro de 2010. Antes das 20h00min já estávamos no Centro Espírita Caminho da Redenção, localizado no bairro Pau da Lima, em Salvador/BA, para assistirmos uma palestra pública.

O conferencista da noite foi o Professor Divaldo Pereira Franco, fundador deste Centro Espírita, que abordou a história intitulada Madame Réquiem. Enalteceu a figura de Jesus, o amor por Ele vivenciado, exortando para que todos tenham um natal feliz e embalado na figura dúlcida de Jesus, a quem devemos oferecer o melhor presente, nossas orações e a prática da caridade incondicional.

15 de dezembro -

Na tarde do dia 15 de dezembro, o grupo agora acrescido de mais duas gaúchas, três mineiros, dentre eles, Suely Caldas Schubert, José Maria de Medeiros Souza e Milciades Lescano, do Paraguai, fomos visitar a Mansão do Caminho, obra assistencial de escol.

Terminada a visita, na verdade uma verdadeira aula de como se pode ser útil ao próximo, tivemos um encontro com Divaldo Franco, orador por excelência e administrador deste complexo denominado Mansão do Caminho.

A noite mais um encontro do 13º Movimento Você e a Paz que foi realizado na Praça Almirante Coelho Neto, no Bairro Barris/Salvador/BA. Três oradores, Rute Brasil Mesquita, Marcel Mariano e Divaldo Franco, revezaram-se enaltecendo os benefícios da paz, de sermos pacíficos, do perdão, que a paz é conquista íntima, que todo aquele que se torna pacífico contagia os que estão a sua volta. Divaldo afirmou que o Movimento Você e a Paz nasceu para trabalhar o indivíduo...

Abraço-Jorge Moehlecke




José Maria Medeiros, Divaldo Pereira Franco e Suely Caldas Schubert



A partir da direita José Maria Medeiros, Nilson de Souza Pereira












Ah, se tivéssemos o poder de mergulhar no passado...

WELLINGTON BALBO

Bela e rica desfilava pela vida a tiracolo com sua prepotência e ares de superioridade. Não pedia, dava ordens e a uma só palavra todos obedeciam. Com freqüência humilhava pessoas, pisando em seus sentimentos apenas para ter alguns caprichos realizados.

Desacostumada a ouvir Não, passava por cima de quem ousasse lhe negar algo ou alguma coisa.

Assim era Natália, uma figura que se considerava acima do Bem e do Mal.

Contudo, a vida não se curva ante a prepotência dos seres humanos, e as fortunas não suportam o peso de uma má administração. O que parecia impossível aconteceu: as empresas de Natália forma invadidas pela dificuldade financeira que entrou sem pedir licença.

De nada adiantaram suas reclamações, suas ordens. Prepotência não salda dívidas, aparências não cumprem compromissos, e assim, Natália viu seu Império desmoronar.

Aprendeu através da Dor que superioridade real é a moral, jamais a material.

E Natália tirou grandes lições de sua derrocada financeira. Se antes desumana a pisar em sentimentos, agora estava mais humana, suas palavras perderam a frieza, ganharam emoção.

Mas faltava algo. Não obstante a algumas conquistas morais efetuadas após a ruína de sua fortuna, Natália ainda não havia despertado em relação aos verdadeiros valores da existência humana. E após alguns anos descobriu estar com grave tumor no cérebro. O desespero adentrou seu coração. Será que iria morrer? E se morresse, o que lhe esperava do outro lado? Teria continuação a vida? Pela primeira vez na vida fez comovida prece ao Pai Celeste.

Descobrira através da enfermidade o poder da oração. Acostumada a mandar, aprendeu a pedir. Seu vocabulário se enriqueceu com novas frases: “Obrigada”, “Por favor” e “Com licença”, se tornaram expressões rotineiras. Por isso conquistou verdadeiros amigos através da simpatia.

Era novamente a Dor lhe descortinando realidades. Quanto mais a doença avançava corroendo seu corpo, mais sua alma se fortalecia. Seus olhos agora brilhavam... Natália se modificara, desde a descoberta da enfermidade aprendera que a vida continua. E em seus últimos instantes no corpo físico, agradecia emocionada a Deus pelas dores que puderam lhe abrir os olhos da alma para a magnitude da vida; costumava dizer que se não fosse pelo alarme da Dor jamais teria tomado ciência da continuação da vida, do poder da prece, do valor da amizade, da força do amor...

Muitos passam a vida iludidos de que são superiores, infalíveis, os melhores. Alimenta-se uma ilusão e vive-se abraçado a ela, como se fosse realidade. E após uma overdose de ilusão, só mesmo a Dor para despertar.

Tivéssemos o poder de mergulhar no passado e agradeceríamos muitas vezes as dores do presente. Obviamente que não necessitamos apenas da Dor para evoluir, todavia, no estágio de teimosia e cegueira espiritual que com freqüência nos encontramos, é inegável que a Dor se constitui em poderoso recurso de instrução para a alma, um potente despertador da ilusão.

Fôssemos mais atentos e aprenderíamos através dos exemplos que a vida nos lega a todos os momentos, sem necessitar de grandes transtornos para avançar rumo à sabedoria. Basta atenção para sofrer menos.

Pensemos nisso.

A parábola da ovelha perdida

Porque o Filho do homem veio salvar o que estava perdido.

Que vos parece? Se um homem tiver cem ovelhas, e uma delas se extraviar, não deixará ele nos montes as noventa e nove, indo procurar a que se extraviou?

E, se porventura a encontra, em verdade vos digo que maior prazer sentirá por causa desta, do que peles noventa e nove, que não se extraviaram.

Assim, pois, não é da vontade de vosso Pai celeste que pereça um só destes pequeninos.

(Mateus 18: 11 a 14)

Estabelecimento rural às margens do Lago Tiberíades próximo de Cafarnaum, Israel. Ovelhas soltas em uma plantação de melancia. Foto Ismael Gobbo

Visite o Portal Opinião Espírita

Queremos convidar você para conhecer o Portal Opinião Espírita.

Um local onde você encontrará notícias e artigos de vários autores, sobre diversos temas do nosso dia a dia, observados pela ótica

espírita.

Poderá ainda ler mensagens de esperança e fortalecimento; saber das últimas novidades em livros; cadastrar eventos de sua entidade

beneficente e muito mais.

Acesse www.opiniaoespirita.com.br e confira. Esperamos ver você por lá!

A Equipe

(Colaboração Suzi Barboni)

Lançamentos de Therezinha Oliveira

Sinopse:

A história de um homem extraordinário que viveu na Palestina há mais de dois mil anos e que transformou o mundo com sua mensagem.

Therezinha Oliveira conta, nessas páginas, histórias da vida de Jesus, numa linguagem clara e atraente para os jovens.

As passagens da vida de Jesus na Palestina, do seu nascimento em Belém, os pastores e os magos, no templo, entre os doutores, no Jordão, suas parábolas, seus ensinamentos, seus discípulos. Episódios cheios de iluminação. Lições para todos os tempos.

Sinopse:

De uma história antiga, de um anel valioso que transforma uma mulher alienada em senhora de si, a autora traça comparações, desenha rotas percorridas por grandes personagens e cria imagens belíssimas de histórias de revelações espirituais ao longo dos tempos.

A eterna mensagem resgata a história e aproxima os Espíritos dos homens, numa linguagem simples e encantadora.

A eterna mensagem é uma história de revelações,Therezinha Oliveira resgata nessas páginas várias passagens dos evangelhos. Personagens importantes e ensinamentos cristãos são recuperados em textos didáticos e esclarecedores.

(Informações em email de Ana anjocoli@uol.com.br)

Movimento Espírita vive momento ‘especial’ com avanço na Europa

PUBLICADO PELA FOLHA ESPIRITA- AGOSTO/2009

Ismael Gobbo / Cláudia Santos

O Movimento Espírita vive um momento especial na Europa, com países estruturando-se e organizando-se para se fortalecer na divulgação da Doutrina. É o caso da Bielo-Rússia, Polônia, Dinamarca e, em casos mais ativos, Bélgica, França, Suíça, Reino Unido, Portugal e Espanha. O Conselho Espírita Internacional (CEI) esforça-se em produzir obras espíritas em todos os idiomas. Tudo isso para poder oferecer a literatura e os europeus buscarem e aprimorarem nela seus conhecimentos. E os divulgadores fazem o que podem em seus países para que o Espiritismo chegue ao Velho Continente. Não é fácil, certamente, há um longo caminho a se percorrer para a disseminação da Doutrina, mas as perspectivas são as melhores.

“Os companheiros que atuam no Movimento Espírita de outros países têm muito valor, pois lutam com muitas dificuldades e diante de fatores adversos, em condições muito diferentes daquelas do Brasil. Mas tem havido expansão de atividades e de núcleos espíritas, agora caminhando, por exemplo, para vários países do Leste Europeu”, conta César Perri, presidente do Conselho Espírita Internacional.

Para se ter uma ideia de que forma está traçado o mapa das casas espíritas no continente, na França existem atualmente 50 centros espíritas. Outros 13 estão no Reino Unido, 2 na Dinamarca, 6 na Suécia, 1 na Escócia, 9 na Suíça, 27 na Espanha, 140 em Portugal, 13 na Bélgica, 1 em Luxemburgo, 7 na Itália, 2 na Bielo-Rússia, 1 na Polônia, 2 na Áustria e 2 na Estônia.

De acordo com Perri, a recente Reunião Ordinária do CEI em Liège, na Bélgica, e curso desenvolvido em Brasília (DF), mostram claramente o interesse e a dedicação dos companheiros de outros países e também a expectativa de apoio institucional, segundo ele, “doutrinariamente seguro e fiel a Kardec”. “O Conselho Espírita Internacional, fundado em 1992, surgiu como solicitação desses países e, desde então, tem pautado sua diretriz de ação nas Obras da Codificação Kardequiana”, informa.

Dentre os recentes instrumentos criados pelo CEI para a difusão do Espiritismo na Europa estão a webtv TVCEI (www.tvcei.com, agora também em satélite) e a EDICEI, atualmente com 100 títulos em cinco idiomas, difundindo as obras de Kardec e as psicográficas de Chico Xavier. “Nossos seminários e cursos visando à preparação de trabalhadores espíritas são pautados nessas diretrizes. É notório, nos 33 países que integram o CEI, o crescente interesse em melhoria e expansão de atividades espíritas”, declara Perri.

Agora, melhor estruturado, o CEI, em sua nova sede em Brasília, está mais capacitado para expandir suas atividades.

Persistência

“Somos muito otimistas, mas as coisas não devem ocorrer em curto prazo. Milagres não acontecem mesmo!”, declara a paranaense Elsa Rossi, segunda secretária do Conselho Espírita Internacional e uma das responsáveis pelo trabalho desenvolvido no Reino Unido. “Há ainda muitas restrições por confundirem o Espiritismo com espiritualismo, o mais conhecido no Reino Unido, por exemplo. Em alguns casos não somos vistos com bons olhos, mas, em contrapartida, o esforço de realizarmos eventos conjugados com médicos britânicos da área científica nos rende um pouco mais de credibilidade local. Isso no nosso caso, aqui na Inglaterra”, revela. “Perseverança, paciência e, sobretudo, aprimoramento da aprendizagem do idioma do país para, assim, haver diálogo com confiança, evitando-se a formação de núcleos de brasileiros com conhecimento estancado”, são algumas orientações que Elsa dá aos que estejam trabalhando em prol da divulgação da Doutrina fora do Brasil.

Mediunidade levou

à formação de grupo

na Espanha

A espanhola Isabel sentia a mediunidade desde adolescente, mas não sabia seu significado. Conheceu o Espiritismo no final de 1992 e entrou na Doutrina, como muitos, pela dor. “Sentia que tudo me era familiar. Tive uma espécie de eclosão da mediunidade e via, ouvia, falava e pressentia coisas. Percebia que estava sendo guiada e inspirada para fazer muitas coisas, como compromisso assumido na espiritualidade. Sob direção dos benfeitores, em poucos meses fundei um grupo junto com dois colegas. Estudei muito, entreguei-me em corpo e alma ao conhecimento do Espiritismo e sua divulgação. Criamos um boletim e fundamos uma editora”, conta Isabel, que, por seis anos, foi presidenta do Centro de Estudos Espíritas Allan Kardec, em Málaga, na Espanha, e por dois anos vice-presidenta da Federação Espírita Espanhola. Hoje, ela tem como uma de suas mais importantes atividades a versão de obras do português para o espanhol, trabalho que estima envolver, atualmente, 26 países.

Sobre o Movimento em seu país, lembra da fundação, por Rafael González Molina, de um centro espírita e mais tarde da Federação Espírita Espanhola (FEE), anos depois de a democracia ter se restaurado na Espanha, em 1977, após 40 anos de ditadura que praticamente haviam enterrado um Espiritismo “extraordinário”, iniciado no século 19. “Desde a criação da FEE, em 1981, o Espiritismo vem renascendo no país, centros vão surgindo, tornando-se oficiais, e unindo-se à federação. Mas ainda existem muitas barreiras, claro. A primeira é a de acharem que o Espiritismo tem ligações com adivinhações e tarot, a outra é o fato de muitos buscarem fenômenos e não renovação espiritual. Por fim, as pessoas não têm hábito de leitura e isso dificulta o estudo das obras de Kardec”, avalia.

ISABEL PORRAS GONZÁLEZ


Maior empenho está no

estudo da Codificação

Elsa Rossi e Isabel Porras González, do Reino Unido e Espanha, respectivamente, são mulheres que lutam pela divulgação da Doutrina em seus países. Elas vivem situações semelhantes, muitas dificuldades e sabem que há um longo caminho a percorrer:

Folha Espírita – Sob o ponto de vista legal, é fácil se fundar uma casa ou instituição espírita?

Elsa – Depende da legislação do país, para que se tenha uma casa aberta ao público, podendo anunciar e realizar eventos. Em alguns países, brasileiros ou estrangeiros podem fundar um grupo, mas em determinados países somente os nativos podem ser os fundadores. No Reino Unido abre-se com facilidade, desde que hajam pessoas interessadas. Prepara-se um estatuto e pronto. Mas, se quiser mesmo estar legal no país perante o governo, deve-se providenciar o registro da instituição na Companies House, como entidade sem fins lucrativos.

Isabel Desde que se fundou a Federação Espírita Espanhola, com esforço e tempo, pouco a pouco conseguimos que a fundação de centros espíritas não fosse um problema. Mas a Igreja faz-se inimiga do que ela entende por “Espiritismo”, difundindo ideias extravagantes e infundadas, para atemorizar as pessoas. Isso todos já sabemos como funciona, e é uma prova pela qual passaram nossos irmãos nos tempos da Codificação.

FE – As reuniões são realizadas nos moldes que nós brasileiros conhecemos?

Elsa – Sim, mais ou menos como no Brasil. Estudo, palestras, seminários, passe, água fluidificada e evangelização infantil que, aqui no Reino Unido, chamamos de Espiritismo para crianças e jovens.

Isabel Em termos gerais, os centros federados têm atividades de estudo de O Evangelho segundo o Espiritismo, o Estudo Sistematizado da Doutrina Espírita (ESDE), estudo da mediunidade, entre outros. Tenta-se estudar bem a Codificação e as obras complementares, promovem-se conferências e alguns encontros fraternais.

FE – Ocorre intercâmbio entre as casas espíritas? De que forma?

Elsa – Sim, ocorre intercâmbio. Agora mesmo estamos preparando dois seminários para ocorrerem em fins de semana de setembro sobre mediunidade e sobre passe. Participarão como aplicadores dos seminários pessoas de várias casas espíritas. Além disso, oradores vêm e visitam várias casas, quando a convite e organização da nossa federativa britânica, a BUSS – British Union of Spiritist Societies.

Isabel – Tenta-se ter esse intercâmbio, e para isso a FEE trabalha para estimular esses contatos que são tão produtivos, mas nem sempre é fácil. Ainda não há por parte de todos os centros o hábito de encontros para trocar ideias, dar conferências, ajudar na assistência social, se conhecer melhor, etc. Acredito que isso acontecerá com o tempo, à medida que se fundem outros centros espíritas, contando também com a cooperação da juventude. Precisamos formar nossos meninos, para que ajudem a mudar esta sociedade tão indiferente e materialista. Aqui somos poucos, mas empenhados no trabalho de reforma moral e estudo da Codificação.


“Não existem milagres, há muito que se fazer por lá, mas o caminho está sendo traçado com bons frutos” (Elsa Rossi, Reino Unido)

“Muitas vezes nos olhamos num espelho que se chama Brasil. Para muitos países ele é o motor que estimula o trabalho e a dedicação à Doutrina Espírita” (Isabel Porras González, Espanha )

Pessoas de vários países participaram de curso recente, promovido em Brasília, DF

ASSINE

FOLHA ESPIRITA

www.folhaespirita.com.br

Agenda do Conselho Federativo Regional -04 (FEEB CR 4) Bahia

Amigos,

Com muita alegria que agradecemos todos os confrades que em 2010 esteve conosco divulgando-nos e incentivando-nos também.

Abaixo agenda de palestras para finalizarmos nossa tarefa.Rogamos a Jesus que nos auxilie sempre.

Visitem nosso blog:

http://conselhoregional04.blogspot.com


Dia: 16/12/10 - Palestra O Natal de Jesus - 20:00h - Centro Espírita Fabiano de Cristo-Entre Rios-Ba - Expositor: Roberto Bezerra

Dia: 17/12/10 - Palestra O Natal de Jesus - 20:00h - Centro Espírita Francisco Pinto - Inhambupe-Ba - Expositor: Roberto Bezerra

Dia: 18/12/10 - Palestra sobre O Natal - 20:00h - Grupo Beneficente Irmão Gabriel - Aramari-Ba - Expositor: Roberto Bezerra

Dia: 18/12/10 - Palestra sobre O Natal - 20:00h - na cidade de Sátiro Dias-Ba - Expositor: André Borges

Dia: 28/12/10 - Palestra Conduta Espírita - 20:00h no Centro Espírita Messe de Amor - Esplanada-Ba - Expositor: Roberto Bezerra

Desejamos um ótimo Natal com Jesus e um Ano de 2011 repleto de Fé, Esperança,Unificação, Perseverança e sobretudo AMOR.

Abraços fraternos,

Conselho Federativo Regional – 04


FEEB - Bahia

(Informação em emails de Suzi Barboni e Rose Moliterno)

Centro Espírita Bezerra de Menezes Spiritist Society entra em recesso de fim de ano Londres, UK

Ficheiro:Trafalgar Square Christmas tree5.jpg

Queridos amigos,

Gostaríamos de avisar que o centro espírita Bezerra de Menezes Spiritist Society estará fechado dentre os dias 23 de Dezembro e 04 de Janeiro de 2011. Nossa primeira palestra pública do ano acontecerá na 6a-feira dia 07 de Janeiro as 19horas.

Enviamos nossos votos de paz a todos nessa época tão especial, bem como mensagem da mentora espiritual Joanna de Angelis:

Alegrias do Natal de Joanna de Angelis

Não obstante o tumulto crescente das torpes paixões, que desencadeiam dores superlativas, pairam nos corações expectativas e ansiedades de paz.

Embora a tirania tecnicista, que não conseguiu amenizar as rudes aflições, que ora se generalizam, repontam no homem cansado as esperanças alvissareiras, que falam de paz.

Após o malogro das ruidosas fantasias e dos turbulentos gozos, vibram na Terra as notas de doce canção de paz, penetrando e enlevando as criaturas ansiosas...

São as alegrias do Natal que chegam, refazendo o espírito humano, aturdido e descoroçado pela infatigável busca dos valores que, então, constata mortos.

Isto, porque, o Natal não significa tão-somente a algaravia multicolorida, a indústria da inutilidade, expressa na troca de presentes fúteis, mas, também, a lembrança do filho de Deus descendo das Constelações para a Manjedoura a fim de, pacífico e nobre, conviver com animais, reis e pastores, homens e mulheres simples, o poviléu, que conseguiu erguer às culminâncias da felicidade sem jaça.

Convite à reflexão, o Natal faz recordar o Excelso Amigo, participando das justas alegrias de uma boda e do grave-doce encontro com a pobre mulher surpreendida em adultério.

Evoca o Senhor das forças vivas da Natureza, repreendendo os ventos e o mar, e convidando gárrulas crianças ao regaço, por pertencer-lhes, na pureza de que se fazem símbolo, o reino de Deus...

Atualiza o diálogo, de alcance transcendente, com o príncipe e doutor da Lei sobre os renascimentos no corpo, e fala do soerguimento da filha da viúva de Naim, do servo do Centurião, e de Lázaro, do torpor da catalepsia e da morte para as excelências da ação lúcida...

Faculta uma visão nova da vida à luz do sermão da montanha, exaltando, nestes dias de truculência, a grandeza da humildade, força da fé e a operosidade da "não-violência"...

O Natal é oportunidade feliz para cada homem voltar-se para dentro de si, fazer a paz consigo próprio, valorizar a bênção da vida física que se esvai célere, e amar...

As alegrias do Natal proporcionam ensanchas para cada um felicitar-se mediante as doações de amor que se permita, renovando as paisagens íntimas, e, dando um passo além do "eu", distender a solidariedade com os que sofrem, os que se amarfanham nas lutas, os que se desesperam, os que se sentem a sós, os pequeninos e velhinhos ao abandono nas ruas e nos campos, dilatando até eles a ternura e facultando-lhes sorrisos, através da ação do bem, que transforma o homem em anjo de amor e fá-lo repetir quase em silêncio, novamente, a sonata inesquecível dos céus dirigida aos ouvidos do mundo atento:

-Glória a Deus nas alturas e paz na Terra para os homens de boa vontade!

Divaldo P. Franco - Responsabilidade

Votos de muita paz, BMSS UK

Bezerra de Menezes Spiritist Society UK

2nd floor - Oxford House - Derbyshire Street Bethnal Green – East London London E2 6HG - Metro: Bethnal Green -Central Line

Casas André Luiz precisa de ajuda para construção de novos ambulatórios São Paulo

Olá,

As Casas André Luiz estão buscando recursos e parceiros para a construção de novos ambulatórios para atendimento a deficientes mentais e físicos. O primeiro acontecerá na cidade de São Paulo, bairro de Santana.

Hoje 1.400 pacientes recebem atendimento. A instituição tem como meta atender 5.000 até 2012. Ajude a construir a possibilidade de milhares de deficientes e suas famílias a receberem tratamento, gerando qualidade de vida à sociedade. Muitos esperaram por esta oportunidade!

Uma forma de ajudar: no período de 25/11/2010 a 24/12/2010

Ligue 0500 010 0007 - R$ 7,00

0500 010 0015 - R$ 15,00

0500 010 0030 - R$ 30,00

0800 11 90 12 - Para doações acima de R$ 30,00 ou Depósito Bradesco Agência 3397-9

Conta Corrente 17020-8

Doe e seja um agente multiplicador dessa atitude! Faça como o cantor Leonardo e outros que estão conosco nesta empreitada.

http://www.youtube.com/watch?v=HKexYEucl9o

acesse banner eletrônico da campanha do 0500 http://www.casasandreluiz.org.br/informativo/0500-euajudoaconstruir/index.html

www.casasandreluiz.org.br

www.twitter.com/casas_andreluiz